Página 3 de 34 PrimeiroPrimeiro 1234513 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 21 a 30 de 336

Tópico: Cunha abre processo de Impeachment da Presidente Dilma

  1. #21
    Senior Member Avatar de AngelluS II
    Data de Ingresso
    Mar 2011
    Posts
    1.274
    Citação Postado originalmente por Mr. Indigo Ver Post
    Os fatos que embasaram a aceitação do impeachment pelo Cunha ocorreram em 2015, e não em 2014 (esses ele rejeitou).

    5 ou 6 decretos sem numeração e sem base legal que autorizam créditos suplementares, assinados pela Dilma. Conseguiu ferir um dos alicerces mais básicos do Estado de Direito e da separação de poderes.

    O outro fundamento são pedaladas que se estenderam 2015 afora, que são, na verdade, empréstimos ilegais dos bancos estatais federais para o Governo Federal.

    Em suma, argumento jurídico não falta para o impeachment. Agora é ver a questão política.
    Tanto não faltam argumentos jurídicos que até agora o Governo, ao se defender, só tentou desqualificar o Cunha. Em nenhum momento ele se defendeu apontando erros nos pontos mencionados no pedido de impeachment.

    Mas é assim, logo eles partem pra outra desculpa. O Mensalão e o Petrolão seguiram o mesmo roteiro.

    Primeiro desqualifica o acusador, depois nega a existência do problema, depois generaliza o problema entre outras gestões/pessoas/países/partidos, depois tenta se salvar como pode. rsrs

  2. #22
    Artista da MPB Avatar de PedreiroRC
    Data de Ingresso
    Mar 2012
    Localização
    Florianópolis/SC e Brasília/DF
    Posts
    1.789
    Citação Postado originalmente por AngelluS II Ver Post
    Tanto não faltam argumentos jurídicos que até agora o Governo, ao se defender, só tentou desqualificar o Cunha. Em nenhum momento ele se defendeu apontando erros nos pontos mencionados no pedido de impeachment.

    Mas é assim, logo eles partem pra outra desculpa. O Mensalão e o Petrolão seguiram o mesmo roteiro.

    Primeiro desqualifica o acusador, depois nega a existência do problema, depois generaliza o problema entre outras gestões/pessoas/países/partidos, depois tenta se salvar como pode. rsrs
    Que "clubismo", ein??

    O governo se defendeu dessas "pedaladas fiscais" há meses. Lógico que o que farão agora é deslegitimar esse impeachment, principalmente os reais motivos que levaram ao inicio dos procedimentos.

    O Deco fez o favor de postar a pouco o inteiro teor desse documento. Do início ao fim nota-se o tom "Revista Veja Futebol Clube" empregado nele. Inclusive citaram a revista, e o pior: citaram justamente algo que a própria revista teve que se retratar, algo que no dia seguinte foi desmentido pelo próprio Yussef e seu advogado.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Tinha visto esse vídeo sobre as "pedaladas fiscais" do governo, o principal argumento jurídico que é base do Impeachment, e recomendo para todos, os que estão ou não por dentro do que significa:
    https://www.facebook.com/bohngass13/...8251379298682/

  3. #23
    Citação Postado originalmente por YanCurtis Ver Post
    Não gosto do governo da Dilma, mas ela foi eleita de maneira representativa e democrática. Eu até tinha anulado o voto no primeiro turno, mas fui forçado a votar nela no segundo diante da opção que foi apresentada... Mesmo assim, não sou favorável ao impeach, pois por mais que ela seja um bom bode expiatório, o fato é que tirar ela do poder não resolve as duas principais criticas que são atribuídas a ela.
    Eu não entendo quando algumas pessoas vocalizam o fato da Dilma ter sido eleita democraticamente como forma de desqualificar o processo de impeachment. É do tipo "se foi eleita democraticamente, então tem que ficar a ter o fim do mandato, senão é golpe."
    Parece que as pessoas não sabem que o impeachment foi feito pra tirar presidentes eleitos pela maioria mesmo. Isso é democracia. Se não pudesse tirar é que seria ditadura.


    O Cunha não aceita o impeachment, ele "apenas" autoriza ou não a abertura do processo de impeachment. E posteriormente, não será o Cunha quem irá votar no impeachment, mas sim 513 deputados eleitos democraticamente.


    Quanto à analise técnica do pedido de impeachment, o Deco em seus posts explicou como foi fundamentado o pedido.

  4. #24
    Citação Postado originalmente por PedreiroRC Ver Post
    Que "clubismo", ein??

    O governo se defendeu dessas "pedaladas fiscais" há meses. Lógico que o que farão agora é deslegitimar esse impeachment, principalmente os reais motivos que levaram ao inicio dos procedimentos.

    O Deco fez o favor de postar a pouco o inteiro teor desse documento. Do início ao fim nota-se o tom "Revista Veja Futebol Clube" empregado nele. Inclusive citaram a revista, e o pior: citaram justamente algo que a própria revista teve que se retratar, algo que no dia seguinte foi desmentido pelo próprio Yussef e seu advogado.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Tinha visto esse vídeo sobre as "pedaladas fiscais" do governo, o principal argumento jurídico que é base do Impeachment, e recomendo para todos, os que estão ou não por dentro do que significa:
    https://www.facebook.com/bohngass13/...8251379298682/
    Porra Pedreiro, você fala em "clubismo", de ser tendencioso, mas posta um vídeo de um deputado do PT?

  5. #25
    Senior Member Avatar de AngelluS II
    Data de Ingresso
    Mar 2011
    Posts
    1.274
    Citação Postado originalmente por PedreiroRC Ver Post
    Que "clubismo", ein??

    O governo se defendeu dessas "pedaladas fiscais" há meses. Lógico que o que farão agora é deslegitimar esse impeachment, principalmente os reais motivos que levaram ao inicio dos procedimentos.

    O Deco fez o favor de postar a pouco o inteiro teor desse documento. Do início ao fim nota-se o tom "Revista Veja Futebol Clube" empregado nele. Inclusive citaram a revista, e o pior: citaram justamente algo que a própria revista teve que se retratar, algo que no dia seguinte foi desmentido pelo próprio Yussef e seu advogado.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Tinha visto esse vídeo sobre as "pedaladas fiscais" do governo, o principal argumento jurídico que é base do Impeachment, e recomendo para todos, os que estão ou não por dentro do que significa:
    https://www.facebook.com/bohngass13/...8251379298682/
    Sim, se defendeu no Tribunal de Contas da União. E perdeu. Por isso não cita isso agora e se defende apenas atacando a pessoa do Cunha.

    Cara, desde quando criticar o governo virou clubismo?

    Estranho seria eu elogiar o governo, com a recessão econômica, com todos os recordes negativos da economia sendo batidos diariamente, com a corrupção, com as prisões de membros do governo e do partido do governo, com as pedaladas fiscais, com o orçamento deficitário, com a máquina pública inchada, com a tentativa de passar a conta para a população aumentando impostos, com a nítida falta de capacidade de conduzir o Brasil para o crescimento, com a visão estreita de pensar primeiramente no projeto de poder do partido do que no bem da nação e o pior, com as mentiras descaradas para a nação, desde a eleição.

    Sério, eu queria poder elogiar o Governo, mas não vejo razões minimamente lógicas pra isso. E isso não me torna automaticamente membro do PSDB, ou da Elite Branca, ou adepto aos seguidores cegos da Revista Veja. rsrs

  6. #26
    Membros HUE Avatar de Mr. Indigo
    Data de Ingresso
    Oct 2013
    Posts
    2.543
    O legal (no sentido de treta mesmo) é o aspecto político do processo, inerente ao processo de impeachment.

    Na prática, a Dilma cai se o PMDB coletivamente decidir tomar o poder. Notem que não há nada que o PT possa legalmente oferecer ao PMDB que ele não possa obter como ator principal da política nacional.

    Uma boa coisa que já ocorreu é que a máscara de bom mosso da REDE já caiu. Não se posicionaram contra o impeachment por realmente achar a Dilma correta. Preferem apostar no TSE, o que lhes dará uma chance de ganhar a eleição extraordinária, ou, na pior das hipóteses, o país e o PT continuam sangrando até 2018 e eles irão tentar surgir como o novo e limpo PT.

  7. #27
    Artista da MPB Avatar de PedreiroRC
    Data de Ingresso
    Mar 2012
    Localização
    Florianópolis/SC e Brasília/DF
    Posts
    1.789
    Citação Postado originalmente por Shaka III Ver Post
    Porra Pedreiro, você fala em "clubismo", de ser tendencioso, mas posta um vídeo de um deputado do PT?
    Nem sabia que era deputado do PT. Independentemente disso, ele falou o que aconteceu de fato, que vem sendo repetido por todos presidentes.

    Só postei o vídeo porque nego tem preguiça de ler o post com explicação tributária que postei antes.

    Tudo o que mencionaram sobre o PT, prisões, corrupção, lava a jato, etc, já tentaram usar pra derrubar a Dilma e não conseguiram. Como o próprio Cunha disse, o número de pedidos de Impeachment é recorde. Qualquer coisa que deixe a oposição insatisfeita será motivo para impeachment.

    O que eu mais estou gostando é que está sendo geral investigado e preso. Seja PT, PMDB, PSDB, DEM, etc, quanto mais gente entrar em cana, melhor pro Brasil.

    A máquina corrupta não foi inventada nem criada pelo PT, ela sempre existiu. A diferença é que já tínhamos um partido imune a ela, diferente do PT.

    O impeachment fala da Lava a Jato, fala do Lula, cita a veja, cita outros mandatos, cita indignação da classe média nas ruas, cita tudo, menos um crime de responsabilidade da Dilma. De quase 30 páginas, só em 3 parágrafos tem coisas que podem ser levadas em conta. Que foi o TCU rejeitar as contas da Presidente, momentos após visita do Aécio e a cúpula do psdb e oposição ao governo visitarem o gabinete de seu presidente. Nem sei como ninguém questiona isso.

    É um impeachment mequetrefe, mas que já cumpriu com sua função. Macular a imagem da Dilma e do PT para 2018.

    Se fosse motivo suficiente para impeachment, a oposição teria pressionado o Cunha muito tempo antes.

    Mas agora que Cunha aprovou o pedido, a oposição cumprirá com sua palavra e tentará livrar a cara do maior bandido da política brasileira.

  8. #28
    Artista da MPB Avatar de PedreiroRC
    Data de Ingresso
    Mar 2012
    Localização
    Florianópolis/SC e Brasília/DF
    Posts
    1.789
    O Globo fazendo uma estimativa dos votos no impeachment

    http://oglobo.globo.com/brasil/dilma...deres-18216438

    BRASÍLIA - Se a votação sobre o impeachment no plenário da Câmara fosse hoje, a presidente Dilma Rousseff manteria seu mandato, caso os deputados votassem segundo a avaliação das lideranças de seus partidos. O GLOBO ouviu nesta quinta-feira os líderes dos 17 maiores partidos da Casa. Segundo esse levantamento, Dilma teria hoje o respaldo de pelo menos 258 dos 513 deputados, 87 votos a mais do que os 171 necessários para se manter no poder.

    Segundo esse levantamento, a oposição contaria com 182 adeptos. Os votos dos 17 partidos cujos líderes aceitaram falar somam 454 parlamentares.

    Embora os números sejam absolutos, as certezas, como disse um deputado, são voláteis. Pelos cálculos dos líderes partidários, toda a oposição votará a favor do impeachment: DEM, PSDB, Solidariedade e PPS somariam 99 votos. Dos partidos governistas, PT, PCdoB e PDT já se posicionaram em sua totalidade contra o impeachment. Junto com PSOL e Rede, que disseram que vão caminhar na mesma direção, Dilma já tem cem votos garantidos.

    PMDB ESTÁ DIVIDIDO

    De todos os partidos ouvidos, só o PRB não quis fazer nenhum cálculo. Embora tenha um ministério desde o início do segundo mandato de Dilma (Esporte, ocupada por George Hilton), a infidelidade tem sido uma marca recorrente da sigla. A maior incógnita é o PMDB do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ). O líder do partido na Câmara, Leonardo Picciani (RJ), embora reticente em falar em números, tem uma estimativa:

    — Eu diria que 60% dos peemedebistas são contra o impeachment, 20% a favor e outros 20% indefinidos.

    No PR, outro partido da base aliada, mas cujos representantes votarão contra a admissibilidade do processo para cassação do mandato de Cunha no Conselho de Ética, o líder Maurício Quintela Lessa (AL) disse que encaminhará o voto da bancada, de 34 parlamentares, contra o impeachment, mas já adianta que pelo menos seis parlamentares devem se manifestar a favor.

    No recém-criado Partido da Mulher Brasileira (PMB), o líder Domingos Neto (CE) estimou que dois terços da bancada de 20 deputados serão contra o impeachment, o que garantiria 12 votos para Dilma.

    O PSD, outro partido que comanda um ministério (Gilberto Kassab, das Cidades), calcula que um terço de seus representantes votarão contra a presidente. Mas um deputado da legenda tem outro cálculo. Na opinião dele, quando o processo chegar ao plenário, 80% do partido devem se posicionar a favor do impeachment.

    — Quem vai querer salvar o mandato da Dilma e depois nunca mais ser eleito? — questiona o parlamentar.

    O PDT, que ganhou o Ministério das Comunicações na reforma ministerial para garantir uma base mais sólida, disse que votará em peso com o governo. A bancada pedetista tem 18 deputados.

    — Vamos encaminhar para que o PDT feche questão — disse o ministro André Figueiredo.

    COMISSÃO ESPECIAL É CRIADA

    A Rede, com cinco deputados, também fechou questão contra o impeachment. Há siglas divididas, caso do PTB (que na campanha presidencial apoiou o tucano Aécio Neves) e do PSB, com 33 parlamentares. A tendência da maioria do PSB é votar a favor do impeachment. Há, porém, cerca de 12 deputados ligados ao governo que devem fechar com Dilma. Eles são de redutos do Nordeste, como Bahia e Pernambuco.

    Ontem, foi criada a Comissão Especial que analisará o processo de impeachment. Com 65 membros, será convocada, em sessão extraordinária, segunda-feira. PT e PMDB indicarão oito membros cada. O bloco da oposição (PSDB, PPS, SD e PSB) indicará 11 deputados. As bancadas terão até as 14h de segunda-feira para indicar os membros da comissão. No mesmo dia, às 18h, haverá sessão extraordinária para a votação dos membros. Uma vez ratificada pelo plenário da Câmara, a comissão escolherá, por voto secreto, o presidente e o relator.

  9. #29
    Senior Member Avatar de AngelluS II
    Data de Ingresso
    Mar 2011
    Posts
    1.274
    Se tiver uma manifestação de milhões de pessoas nas ruas pedindo o impeachment os Deputados e Senadores votarão pelo impeachment.

    Mas a oposição é tão fraca que é possível que nem consigam mobilizar a população. Isso que as pesquisas apontam que mais de 60% querem o impeachment.

  10. #30
    Membros HUE Avatar de Mr. Indigo
    Data de Ingresso
    Oct 2013
    Posts
    2.543
    É por isso que o impeachment tem que ficar para o ano que vem.

    E o pau já começou a quebrar entre o PMDB do Temer e o Governo. rsrs

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •