Página 3 de 6 PrimeiroPrimeiro 12345 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 21 a 30 de 60

Tópico: Islã e o ataque terrorista...

  1. #21
    Senior Member Avatar de JuliusEhNozes
    Data de Ingresso
    Dec 2009
    Localização
    Goiás
    Posts
    2.058
    "Na FRANÇA, país onde eles publicaram as charges, há liberdade de expressão."

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/20...errorismo.html

    Tem certeza mesmo?

    "Disse a ele: Deus é um só, para você e para mim. Maomé e Jesus falavam de fazer caridade", conta Coelho, cujo escritório está repleto de doações à família síria, de roupas a CDs. "A questão não é religiosa."

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noti...lflow_facebook



    Dizer que o Islã é discriminatório é jogar em um saco, Turquia, India, Indonesia.... Países que ate o primeiro ministro/Presidente é mulher.
    RIP minha assinatura legal

  2. #22
    Ex-Presidente do Brasil Avatar de Ryan Cullen
    Data de Ingresso
    Aug 2009
    Localização
    Forgotten Realms
    Posts
    7.989
    Citação Postado originalmente por AngelluS II Ver Post
    Mais há limites também para a liberdade de expressão, no momento que ela ofende/desrespeita outros indivíduos, suas liberdades individuais e/ou suas crenças. Mas como o @Ryan Cullen falou, as pessoas que se sentiram lesadas pelas piadas de mau gosto da Charlie Hebdo poderiam fazer o que se faz em um mundo civilizado. Processar a revista. Atingi-la perante a Lei.

    Sei que esses países dos fundamentalistas não seguem as Leis da França, nem mesmo os moldes das Leis da França (como o @vinicius santiago bem exemplificou), mas atitudes terroristas pra justificar a indignação com uma publicação de uma revista de outro país jamais pode ser usada como ato de indignação.
    Exatamente. Nenhum direito é absoluto.

    Que entrem na Justiça, busquem uma indenização bilionária e façam o jornal fechar as portas. Mas nada de pegar em armas e sair atirando.

    Nós já superamos - em tese - essa fase de fazer justiça com as próprias mãos (aka justiça privada) há muito tempo.

  3. #23
    Senior Member Avatar de JuliusEhNozes
    Data de Ingresso
    Dec 2009
    Localização
    Goiás
    Posts
    2.058
    Citação Postado originalmente por vinicius santiago Ver Post
    O que eu acho? Acho que muita gente tenta falar de multiculturalismo com quem quer mais é que você se foda/morra/seja punido gravemente por ser infiel.



    Convoco @Mav Brasil pra fazer o contraponto defendendo o multiculturalismo.

    Não tem como ficar sem falar como esse video é retardado...
    Primeiro coloca todo mundo que sabe que respeita o Islã como burro.. Ninguem disse que eles são liberais, todo religioso é conservador, ou se vai me dizer que um católico é liberal? Que fica feliz com liberdade? Quantas vezes você já ouviu de católicos que querem a lei de talião? Quantas vezes, ate desse atentando na França, muitos "catolicos liberais" pregam que os "Islamicos devem pagar com sangue", que se deve matar essa raça (Pelo que me lembro apologia ao genocídio na nossa legislação (E na internacional) é crime). Por favor me diga, se não nunca ouviu ou falou que um assassino deve ser morto? Isso não é lei de Talião? Agora faz essa pesquisa no mundo. Se não der uns 60% no mínimo na maioria dos países ocidentais eu fico calado.
    Agora a parte mais idiota do video "Sou judeu ortodoxo e leio o velho testamento, e nem por isso fico jogando aviões em predios". Mas joga bombas em gaza, coloca os arabes que vivem em jerusalem como cidadão de segunda classe, apoia a prisão de milhões de pessoas em Gaza. E se brinca apoia ate o genocidio dos Arabes de Israel. Depois me vem falar sobre decapitar genitália feminina, porque isso é muito comum, no Bangladesh, Turquia, Indonesia, Egito e India.

    Coloca como premissa ser radical: 1- Apoiar a lei da Sharia.... Que já é burrice.
    Depois me vem que matar mulher por questão de honra é radical.... No Brasil há 20/30 anos coisa assim, se você pega-se sua mulher com outro homem você poderia matar ela. Então somos radicais? Olha como ele foge do assunto... Para alguns países ele diz que apoiar sharia é ser radical, para outros ele coloca como matar mulheres por honra é ser radical. Qual é a logica???


    Agora vamos olhar pro nosso umbigo? No Brasil quantas pessoas apoiaram a ação daquela galera que pegava "bandido" e fazia justiça com as proprias mãos? Quantas vezes cristãos e evangélicos brigaram por conta do culto da imagem? Já teve gente que invadiu uma igreja para poder depredar estátuas da virgem Maria. E o KKK no EUA? Que usa argumentos religiosos para perseguir negros? Neonazistas na europa? E por favor, qual foi a maior causa das guerras na Idade Média, se não há igreja católica? Ou porque agora estamos no Sec. XXI a religião mudou? (E vamos lembrar que nesse mesmo período, os povos mulçumanos viviam em "paz" e produziam bastante culturalmente e intelectualmente...)

    Outro ponto bem retardado, é dizer sobre o Odios dos palestinos por Israel é por conta da religião, porque invadir a terra dela, fazer eles viverem em guetos, e não ter liberdade de ir e vir. Não são motivos para odiar Israel? E então apoiar todos que são contra ele...

    E como aceita a opinião de uma pessoa que não gostou do Ben Afleck como o Batman?


    Citação Postado originalmente por Ryan Cullen Ver Post
    Exatamente. Nenhum direito é absoluto.

    Que entrem na Justiça, busquem uma indenização bilionária e façam o jornal fechar as portas. Mas nada de pegar em armas e sair atirando.

    Nós já superamos - em tese - essa fase de fazer justiça com as próprias mãos (aka justiça privada) há muito tempo.
    Ryan, acho que não os "Justiceiros" tem menos de 1 ano.
    RIP minha assinatura legal

  4. #24
    Ex-Presidente do Brasil Avatar de Ryan Cullen
    Data de Ingresso
    Aug 2009
    Localização
    Forgotten Realms
    Posts
    7.989
    Citação Postado originalmente por JuliusEhNozes Ver Post
    Dizer que o Islã é discriminatório é jogar em um saco, Turquia, India, Indonesia.... Países que ate o primeiro ministro/Presidente é mulher.
    Negativo. Islã é discriminatório sim. Dá uma olhada no Corão que tu vai ver.

    E eu sei disso por experiência própria. Morei quase 10 anos em Uruguaiana/RS, a 2 quadras de um bairro árabe composto majoritariamente por libaneses muçulmanos. Eu fazia compra no mercadinho deles, e a coisa mais comum era ter mulheres e meninas com roupas "pesadas", que só revelavam o rosto, na fila do caixa. Apenas uma minoria trabalhava fora, o resto ficava em casa cuidando dos filhos. E já vi cara defender que era lícito castigar (fisicamente) a esposa desobediente. Com mulheres adúlteras, então...

    Tu pode dizer: "ah, mas isso é uma interpretação que eles fazem, o Alcorão não é tão discriminatório assim". Então dá uma olhada nesse trecho aqui:

    Men are in charge of women by [right of] what Allah has given one over the other and what they spend [for maintenance] from their wealth. So righteous women are devoutly obedient, guarding in [the husband's] absence what Allah would have them guard. But those [wives] from whom you fear arrogance - [first] advise them; [then if they persist], forsake them in bed; and [finally], strike them. But if they obey you [once more], seek no means against them. Indeed, Allah is ever Exalted and Grand.
    4ª Surata, 64

    Complicado extrair uma interpretação diversa desse trecho.

    --
    Veja, não estou dizendo que o Islã é de todo ruim. O meu ponto é: ter esse tipo de orientação explícita + fanáticos ansiosos por acreditar e defender uma causa é uma combinação explosiva. Não que o cristianismo, judaísmo, etc, sejam muito diferentes, vide Cruzada e Inquisição.
    Última edição por Ryan Cullen; 14/01/2015 às 10:00. Razão: Edit para evitar mal entendido

  5. #25
    Senior Member Avatar de YanCurtis
    Data de Ingresso
    Nov 2012
    Localização
    São Paulo
    Posts
    1.494
    Há de se considerar, galera, que o histórico do oriente médio com o ocidente nunca foi amigável no palco das religiões.

    Diversos fatores contribuem para que a religião islã tenha sim um tratamento diferenciado por parte do oriente: invasões das cruzadas, imposições na palestina, invasões sob o pretexto terrorista, etc... essas questões impulsionaram o desenvolvimento do extremismo religioso para a parte terrorista dos caras, que buscaram formas extremamente agressivas de protegerem seus ideais e crenças.

    Óbvio que a coisa fugiu do controle, e é obvio que as ações terroristas são inaceitáveis, mas o próprio ocidente criou causas e condições para o cenário chegasse nesse nível, e agora quer falar que a charge é uma piada e que remete a liberdade de expressão?

    Isso muito me lembra dois debates +/- recentes:
    - Debates das cotas raciais x meritocracia: o pressuposto é que há um precedente histórico que impede a ascensão social dessa parcela da população e, portanto, defende que um tratamento diferenciado seja colocado em prática
    - Piada do Rafinha Bastos com o Baby Beef: parece que não tem nada haver, mas mostra a contradição que temos ao condenar umas piadas ruins e outras não. Eu não curto o cara, mas ele falou umas coisas interessantes no youtube (http://www.youtube.com/watch?v=1L0syAOyRG0)

    Então, de novo, acho que religiões islamicas precisam sim de um tratamento diferenciado para evitar que os conflitos se acentuem (vai demorar um tempo até termos um musical a lá "Jesus Cristo SuperStar" adaptado pra vida de Maomé, mas se a coisa evoluir bem, talvez seja possível termos isso em umas décadas.

  6. #26
    Senior Member Avatar de JuliusEhNozes
    Data de Ingresso
    Dec 2009
    Localização
    Goiás
    Posts
    2.058
    Citação Postado originalmente por Ryan Cullen Ver Post
    Negativo. Islã é discriminatório sim. Dá uma olhada no Corão que tu vai ver.

    E eu sei disso por experiência própria. Morei quase 10 anos em Uruguaiana/RS, a 2 quadras de um bairro árabe composto majoritariamente por libaneses muçulmanos. Eu fazia compra no mercadinho deles, e a coisa mais comum era ter mulheres e meninas com roupas "pesadas", que só revelavam o rosto, na fila do caixa. Apenas uma minoria trabalhava fora, o resto ficava em casa cuidando dos filhos.

    Tu pode dizer: "ah, mas isso é uma interpretação que eles fazem, o Alcorão não é tão discriminatório assim". Então dá uma olhada nesse trecho aqui:


    4ª Surata, 64

    Complicado extrair uma interpretação diversa desse trecho.
    Hum... Você ja foi expulso do mercadinho e pedrada? Você foi proibido de comprar por estar no mercado deles? E se a primeira ministra da Turquia é mulher? Se eles são tão discriminatórios como elegeram uma mulher como primeira ministra? Minha avó não saia de casa, meu avô não deixava ela sair e trabalhar;. E ambos são catolicos. Ser patriarcal não é algo somente do islã.

    Quantas vezes se ja ouviu de um catolico, lugar de mulher é na cozinha?

    Catoliscismo tambem é extremista então:
    BÍBLIA (Novo Testamento)
    "Pois eu vos digo que a qualquer que tiver ser-lhe-á dado, mas ao que não tiver, até o que tem lhe será tirado. E quanto àqueles meus inimigos que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui, e matai-os diante de mim."
    (Lucas 19:26-27)

    Difícil tirar outra interpretação.

    TORÁ (Antigo Testamento)
    "Quando o Senhor teu Deus te houver introduzido na terra, à qual vais para a possuir, e tiver lançado fora muitas nações de diante de ti, os heteus, e os girgaseus, e os amorreus, e os cananeus, e os perizeus, e os heveus, e os jebuseus, sete nações mais numerosas e mais poderosas do que tu. E o Senhor teu Deus as tiver dado diante de ti, para as ferir, totalmente as destruirás; não farás com elas aliança, nem terás piedade delas."
    (Deuteronômio 7:1-2)

    Judaismos tambem é extremista. Difícil tirar outra interpretação disso.
    E não vamos nos esquecer dos Judeus ortodoxos. Que não permite relacionamento com pessoas de outros religiões. E uma serie de outras coisas...
    RIP minha assinatura legal

  7. #27
    Ex-Presidente do Brasil Avatar de Ryan Cullen
    Data de Ingresso
    Aug 2009
    Localização
    Forgotten Realms
    Posts
    7.989
    @JuliusEhNozes

    Mas é exatamente o que eu estou dizendo. Radicais tem em todas as religiões, bem como em todas elas tem uma boa dose de discriminação com alguma minoria.

    A questão é a interpretação que tu faz do teu texto sagrado, seja qual for. Nessa comunidade libanesa a que me referi, eles não faziam nada contra "infiéis" porque NESSE ponto a leitura do Corão não era feita tão ao pé da letra. Mas é fato: tem passagem que autoriza a morte e/ou a conversão forçada de "infiéis", bem como o castigo físico de mulheres.

    O que eu defendo é respeito e observância das normas legais vigentes, como já falei e repeti em posts anteriores.

  8. #28
    Senior Member Avatar de JuliusEhNozes
    Data de Ingresso
    Dec 2009
    Localização
    Goiás
    Posts
    2.058
    Citação Postado originalmente por Ryan Cullen Ver Post
    @JuliusEhNozes

    Mas é exatamente o que eu estou dizendo. Radicais tem em todas as religiões, bem como em todas elas tem uma boa dose de discriminação com alguma minoria.

    A questão é a interpretação que tu faz do teu texto sagrado, seja qual for. Nessa comunidade libanesa a que me referi, eles não faziam nada contra "infiéis" porque NESSE ponto a leitura do Corão não era feita tão ao pé da letra. Mas é fato: tem passagem que autoriza a morte e/ou a conversão forçada de "infiéis", bem como o castigo físico de mulheres.

    O que eu defendo é respeito e observância das normas legais vigentes, como já falei e repeti em posts anteriores.

    Sim, não é muito contra você, Ryan lindo
    Só discordo em colocar o Islã como o mal do mundo que merece ser combatido etc...
    RIP minha assinatura legal

  9. #29
    Ex-Presidente do Brasil Avatar de Ryan Cullen
    Data de Ingresso
    Aug 2009
    Localização
    Forgotten Realms
    Posts
    7.989
    Citação Postado originalmente por JuliusEhNozes Ver Post
    Sim, não é muito contra você, Ryan lindo
    Só discordo em colocar o Islã como o mal do mundo que merece ser combatido etc...
    Ah, isso sim. Não se pode generalizar desse jeito.

    Nos comentários das notícias sobre a tragédia da França tem pessoas de diversas nacionalidades defendendo do banimento (o que é de alguma forma compreensível) até o extermínio de todos os muçulmanos. Tenso.
    Última edição por Ryan Cullen; 14/01/2015 às 10:45.

  10. #30
    Senior Member Avatar de vinicius santiago
    Data de Ingresso
    May 2009
    Localização
    São Paulo
    Posts
    8.757
    Citação Postado originalmente por JuliusEhNozes Ver Post
    Não tem como ficar sem falar como esse video é retardado...
    Primeiro coloca todo mundo que sabe que respeita o Islã como burro.. Ninguem disse que eles são liberais, todo religioso é conservador, ou se vai me dizer que um católico é liberal? Que fica feliz com liberdade? Quantas vezes você já ouviu de católicos que querem a lei de talião? Quantas vezes, ate desse atentando na França, muitos "catolicos liberais" pregam que os "Islamicos devem pagar com sangue", que se deve matar essa raça (Pelo que me lembro apologia ao genocídio na nossa legislação (E na internacional) é crime). Por favor me diga, se não nunca ouviu ou falou que um assassino deve ser morto? Isso não é lei de Talião? Agora faz essa pesquisa no mundo. Se não der uns 60% no mínimo na maioria dos países ocidentais eu fico calado.
    Sim, tem radical, tem gente pedindo a lei de talião e tem, olha que incrível, LEI CONTRA ISSO. Não a favor, não com gente somente defendendo que deve sim matar. Pelo contrário, tem gente falando isso e gente falando o contrário. E ambos batem boca, até brigam verbalmente mas não geram uma guerra civil por isso.

    Agora a parte mais idiota do video "Sou judeu ortodoxo e leio o velho testamento, e nem por isso fico jogando aviões em predios". Mas joga bombas em gaza, coloca os arabes que vivem em jerusalem como cidadão de segunda classe, apoia a prisão de milhões de pessoas em Gaza. E se brinca apoia ate o genocidio dos Arabes de Israel. Depois me vem falar sobre decapitar genitália feminina, porque isso é muito comum, no Bangladesh, Turquia, Indonesia, Egito e India.
    Ele joga bombas? Achei que isso era política de estado. Novamente, tão errada quanto os radicais. A única diferença pode ser que eles dependam de defesa pra sobreviver (e erram fazendo uma putaria imensa chamada 'ataque preventivo'). E eu te pergunto: os caras que foram lá no Charlie e atiraram ou os homens bomba de diversos atentados precisam matar para sobreviver? Não né? Fazem por desespero e porque acreditam que se matar leva ao paraíso. Comparativamente é das raras religiões que acham suicídio algo positivo se houve uma 'causa' por trás dele. Não é né? Com certeza o Corão estava falando de morrer defendendo a religião, não em ataque de retaliação a qualquer merda dita ou feita. Essa é a deturpação que acontece e ninguém critica.

    Coloca como premissa ser radical: 1- Apoiar a lei da Sharia.... Que já é burrice.
    Depois me vem que matar mulher por questão de honra é radical.... No Brasil há 20/30 anos coisa assim, se você pega-se sua mulher com outro homem você poderia matar ela. Então somos radicais? Olha como ele foge do assunto... Para alguns países ele diz que apoiar sharia é ser radical, para outros ele coloca como matar mulheres por honra é ser radical. Qual é a logica???
    O Brasil era anacrônico quanto isso era cabível. Mas vou te contar um segredo: Isso valia láaaa na década de 20, década de 40. Era um mundo pré-2ª Guerra. Era um mundo sem internet, sem televisão, era um mundo meio antigo comparado com hoje. Então sua analogia foi uma merda...

    Mas, sim. Apoiar a Sharia é ser radical. Assim como apoiar a Torá como lei social, assim como apoiar a bíblia como lei a ser exigida nos tribunais. (aí vá em levíticos e veja quanta bizarrice tem, como usar roupas de tecidos distintos ser proibido)

    E porque é ser radical? Porque a porra do estado é laico!!! Significa que ele apoia a diversidade de religiões e que a religião não deve se confundir com a lei. Os dogmas da religião são 'lei' (regra) para seus fieis. A lei é 'lei'(regra) para toda a sociedade. Se a religião, filosofia de fica ou não convicção que você tenha. Apoiar a Sharia é fuder com essa regra básica de convivência social: religião cada um tem a sua, não tente impor a sua para mim.

    Daí porque eu falo de ditadura evangélica: os radicais evangélicos e católicos fazem o que os islamitas fazem quando tentam impor proibição do aborto (defesa da futura vida do feto versus a vida já existente da mãe), que não pode chamar de casamento a união entre pessoas do mesmo sexo (como se a palavra só pudesse ter o sentido religioso e não o sentido de contrato social que antecede as religiões), ou quando proíbem a prostituição (em defesa da família, como se a puta devesse ser uma pária social pela escolha que fez).

    Tudo radical. A diferença é aceitar o jogo democrático ou querer matar e agredir quem se opõe a você porque "o profeta disse" e o cara deturpou o sentido fazendo analogias ruins.

    Agora vamos olhar pro nosso umbigo? No Brasil quantas pessoas apoiaram a ação daquela galera que pegava "bandido" e fazia justiça com as proprias mãos? Quantas vezes cristãos e evangélicos brigaram por conta do culto da imagem? Já teve gente que invadiu uma igreja para poder depredar estátuas da virgem Maria. E o KKK no EUA? Que usa argumentos religiosos para perseguir negros? Neonazistas na europa? E por favor, qual foi a maior causa das guerras na Idade Média, se não há igreja católica? Ou porque agora estamos no Sec. XXI a religião mudou? (E vamos lembrar que nesse mesmo período, os povos mulçumanos viviam em "paz" e produziam bastante culturalmente e intelectualmente...)
    Quando esses nossos cidadãos radicais se tornarem grupo organizado, teremos a Constituição para impedir essas mudanças. E quem tem a Sharia, tem o que? O que você quer é levantar o passado pra justificar o presente. Não tem como fazer isso. O passado está lotado de erros. O problema é que dois errados não fazem um certo. Então nessa brincadeira ficamos com os seguintes argumentos: Invasão à península ibérica, cruzadas, reconquista da europa, colonialismo do século XIX, 1ª e 2ª Guerra, criação de israel, guerra fria, guerras nos iraque, kuait, estímulo a opositores, treinamento de terroristas, 11 de setembro, novas guerras.

    Escolha o ponto de partida que quiser ("isso não é grave, grave é...") e você terá justificativa até pra implodir o mundo.

    Outro ponto bem retardado, é dizer sobre o Odios dos palestinos por Israel é por conta da religião, porque invadir a terra dela, fazer eles viverem em guetos, e não ter liberdade de ir e vir. Não são motivos para odiar Israel? E então apoiar todos que são contra ele...
    Entra no argumento anterior.

    E como aceita a opinião de uma pessoa que não gostou do Ben Afleck como o Batman?
    Spoiler:

    :trollface:


    Ryan, acho que não os "Justiceiros" tem menos de 1 ano.
    Não era Política de ESTADO isso. Isso é grupo de bandido como outro qualquer que acredita que está praticando "justiça", tal e qual os milicianos no começo também deveriam pensar isso (alguns loucos até hoje devem pensar que eles são justiceiros e não mafiosos). O que o Ryan disse é que superamos o estágio de organização social onde se retribui crimes com castigos físicos. A Sharia mantém isso.
    Novos jogadores: Meu referrer no vNations Venha ajudar na luta.
    Minha dica pra você: Largue o eRepublik, fique no fórum e vá ler uns livros.
    P.S.: Ainda na eterna luta contra as matronas do politicamente correto.

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •