Resultados 1 a 3 de 3

Tópico: [Candidatura] Congresso jan/fev - Dennys ASIMOV

  1. #1
    Congressista Avatar de Dennys Asimov
    Data de Ingresso
    Nov 2009
    Localização
    Paulistano hardcore
    Posts
    987

    [Candidatura] Congresso jan/fev - Dennys ASIMOV

    [color=blue][size=12pt]Minha plataforma jan/fev.[/size]

    “Minha plataforma como congressista na gestão jan-fev/09 será intensificar as relações comerciais não apenas com a Argentina, mas com todos os países da ALA. A proposta é fazer da ALA mais que uma aliança militar entre nações, é transformá-la em uma união aduaneira comercial, com livre circulação de mercadorias. Mas COMO!?

    No eRepublik não existe a possibilidade de determinar impostos específicos para determinados países. Como faríamos então para “zerar” os impostos do país A para o país B, por exemplo? Isto seria possível através de uma Câmara de Compensação.

    Uma vez instalada a união aduaneira, cada empresa brasileira que desejar exportar para a Argentina sob a condição de livre-comércio, deve obrigatoriamente cadastrar na Câmara de Compensação de seu país TODA operação de venda que realizar no outro país. De posse da informação, a Câmara verificaria a veracidade das informações e DEVOLVERIA o total referente ao pago em IMPOSTOS pela empresa naquelas operações comerciais.

    O governo do país de origem da empresa bancaria a Câmara de Compensação. Ou seja, para o Brasil exportar mais para a Argentina, deve bancar a devolução dos impostos recebidos pelo governo argentino, e vice-versa. Se a Argentina quiser exportar mais para o Brasil, deve bancar a devolução dos impostos recebidos pelo governo brasileiro. Para não haver abusos (tipo 99% de import de um contra 1% do outro), haveria um teto máximo geral imposto pela ALA. Caso a caso, país a pais e igual para Brasil e Argentina.”

    Não se trata de uma proposta votável no Congresso nos mecanismos atuais do jogo. Mas é bem possível fazer uma votação fora-do-jogo, pelos congressitas nacionais, via tópico específico no forum. O mesmo vale para o Congresso dos outros países. Desejo ser congressista pelo PIL em alguma região principal (Norte, Gauteng, Sudeste) pois apenas congressistas PODEM ENVIAR PROJETOS DE LEI.”[/color]


    Antes de votar dia 25/01, conheça meu breve histórico e realizações como congressista:



    [color=green][size=12pt]Minha plataforma nov/dez[/size]
    “A minha meta é estabelecer o PACp - Programa de Aceleração do Crescimento da População. Seu objetivo é enaltecer o esforço individual do Formador da Sociedade para conseguirmos, em um prazo de quatro meses, sentir os efeitos de um babyboom contínuo e persistente. E aumentar os impostos de modo a gerar condições fianceiras para o país suportar o babyboom e ampliar a distribuição de armas pelo exército.

    Outro objetivo é o DivCF - Divisão de Cidadania e Fiscalização, que terá a prerrogativa de examinar os solicitantes de cidadania e pesquisar a sua vida progressa. Investigará casos de denúncias e informações relacionadas a atividades suspeitas de cidadãos já naturalizados e quem concedeu a cidadania.”

    Resultado:
    Eleito por RS.

    Metas não-atingidas:
    O PACp em sua concepção original não vingou. Os partidários alegaram discriminação contra os futuros candidatos que não tinham tempo/vocação para o papel de Formador de sociedade.

    O visionário DivCF não vingou por falta de interessados e pela alegada “complexidade”. Porém, o assunto voltou à tona recentemente e o governo trabalha em um projeto semelhante.

    Metas atingidas:
    O imposto de renda aumentou de 1% para 5% (média), em todas as áreas da economia brasileira.[/color]


    [color=maroon][size=12pt]Minha plataforma dez/jan[/size]
    “Vou concorrer por Llanos, uma região da Venezuela. Qual o objetivo? Aproveitar a experiência adquirida como embaixador na Espanha (que não é muita ainda, mas ajuda), com a ajuda do embaixador brasileiro e membros da ALA, para trazer aquele país de volta à nossa região de influência.

    Gostaria de aproveitar a minha experiência jornalística para trabalhar a opinião pública venezuelana, em prol do nosso país. Mostrando as vantagens e os benesses que oferecemos. Além da visão geopolítica de que, para eles, o Brasil é o melhor negócio!”

    Resultado:
    Não eleito, 3º lugar (duas vagas).

    Metas atingidas:
    Apesar de não ser eleito, levei o plano adiante com sucesso em outro país da ALA: a Argentina. Uma vez nomeado embaixador naquele país, com elevadíssimo histórico de rejeição em relação ao Brasil, trabalhei de forma a reconstruir nosso relacionamento bilateral.

    Iniciei a aproximação do PIL com o maior partido argentino (do presidente local), o Progreso Argentino, levando à criação da DAI, sob o comando do ilustre companheiro Trautmann. Trabalhei também estreitar os laços via comércio bilateral, através da CCAB. Em processo de consolidação.[/color]

    Abraço a todos!
    Dennys ASIMOV




  2. #2
    Senior Member
    Data de Ingresso
    Jun 2009
    Posts
    990

    Re:[Candidatura] Congresso jan/fev - Dennys ASIMOV

    Esse já ganhou.

    Te vejo no Congresso, cara!

  3. #3
    Congressista Avatar de Dennys Asimov
    Data de Ingresso
    Nov 2009
    Localização
    Paulistano hardcore
    Posts
    987

    Re:[Candidatura] Congresso jan/fev - Dennys ASIMOV

    Obrigado cara!


Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •