[size=3]Declarando guerra[/size]
Para poder atacar um país, é necessário estar em guerra com ele. E para entrar em guerra com um país, a maneira mais habitual é a Declaração de Guerra.

A declaração de guerra é uma lei que apenas os Presidentes podem propor. Para ser aprovada basta uma maioria simples na votação e sua votação demora 24 horas.

A declaração de guerra custa um valor estabelecido pelo eRepublik que varia de acordo com o número da população do país atacante. Para saber mais detalhes leia a Declaração de Guerra na wiki.




[size=3]Alianças e MPPs[/size]
Alianças e MPPs - abreviado de Mutual Protection Pact (Pacto de Mútua Proteção) - são a mesma coisa, mas algumas vezes o jogo usa as duas expressões. Para manter um padrão usaremos apenas a expressão MPP.

MPPs são acordos defensivos envolvendo dois países. Se um país no pacto é atacado, o outro país automaticamente torna-se um aliado na guerra na qual o país foi atacado. Se um país é aliado na guerra, então seus cidadãos podem lutar pelo seu aliado em solo nacional. O acordo é favorável porque você pode contar com os seus aliados caso você seja atacado.

No entanto, é importante notar que o MPP só será ativado caso você seja atacado numa região originalmente sua.



Vamos a um exemplo

Brasil tem um território boliviano e o Paraguai ataca esse território - o MPP não será ativado porque a região originalmente não pertence ao Brasil.

Já se o Paraguai atacar uma região originalmente brasileira, os MPPs que o Brasil tiver na época do ataque serão ativados e esses países irão tornar-se aliados do Brasil na guerra contra o Paraguai. Veja o exemplo abaixo (clique nas imagens para vê-las ampliadas):

[center]
ALIANÇAS DO BRASIL NO DIA 666


PARAGUAI ATACA UMA REGIÃO ORIGINAL BRASILEIRA E ATIVA MPPS (DIA 666)[/center]

Note que, com o Paraguai atacando, o Brasil tem os aliados ao seu lado, gerando uma condição propícia para uma retaliação caso o Paraguai não possua aliados tão fortes como o do Brasil. Muitos países usam dessa tática de apenas se defender para contra-atacar num futuro.

OBS: Uma vez ativados, os MPPs ficarão na guerra para sempre, não precisando ser renovados para que permaneçam ali. Só desaparecerão a caso o Brasil assine paz com o Paraguai - fazendo com que a guerra seja fechada - ou caso o Paraguai assine paz com cada um dos países que estão com MPP ativado do lado do Brasil.

É importante lembrar que um MPP é ativado apenas na guerra em questão. Se o Brasil estiver em guerra com a Bolívia e o Paraguai (uma guerra isolada com cada país) e a Bolívia atacar um território originalmente brasileiro, os MPPs brasileiros serão ativados apenas na guerra contra a Bolívia.



Tá... Entendi como funciona, mas qual a função do MPP?
O MPP habilita que cidadãos do país possam lutar dentro de casa caso o seu aliado esteja sofrendo um ataque. Exemplo:

Brasil possui MPP com um país A. O país B, que está em guerra com o país A, o ataca. O MPP do Brasil é ativado do lado do país A contra o país B e, se o país B fizer fronteira com o Brasil, é aberta uma guerra entre Brasil e país B.

Em outras palavras: O Brasil possui MPP com a Bolívia. A Argentina, que está em guerra com a Bolívia, a ataca. O MPP do Brasil é ativado do lado da Bolívia e é aberta uma nova guerra entre Brasil e Argentina.

Os cidadãos poderão lutar dentro de casa pela Bolívia, sem precisarem mover-se até a Bolívia.

OBS: Um MPP custa 30 Gold do Tesouro nacional de cada país e dura 30 dias.

ATUALIZAÇÃO: A partir do dia 714 do Novo Mundo os MPPs passaram a custar 100 Gold para cada país.



[size=3]Como as batalhas funcionam[/size]
As batalhas são o que compõem as guerras. Para conquistar uma região, é necessário iniciar uma ofensiva contra a tal, abrindo uma batalha.

As batalhas no eRepublik são baseadas em muros: o tamanho da população residente na região determina a quantidade de pontos defensivos do muro (a presença de sistemas de defesa aumentam esse muro). O objetivo do atacante é derrubar o muro infligindo pontos negativos, enquanto o objetivo do defensor é levantar o muro infligindo danos positivos.

Essas tais batalhas duram pelo menos 24 horas: depois de 24 horas de ter começado, o nível do muro determinará o vencedor:

Se o muro estiver positivo e com mais pontos defensivos que os pontos iniciais (ou seja, levantado), quer dizer que os defensores construiram mais o muro que os atacantes destruiram, ou seja, os defensores venceram: a região é assegurada pelo país defensor.

Se o muro estiver positivo e com menos pontos defensivos que os pontos iniciais (ou seja, no meio), quer dizer que os atacantes destruiram mais o muro que os defensores levantaram, no entanto, os atacantes não destruiram o muro o suficiente: ainda não há um vencedor. A batalha não termina até que o muro tenha mais pontos defensivos que os iniciais ou que os atacantes levem o muro abaixo.

Se o muro estiver negativo (ou seja, derrubado), quer dizer que os atacantes destruiram mais o muro que os defensores levantaram: a região é invadida pelo atacante.


OBS: Note que o estado do muro só importa quando o cronômetro, que começa em 23:59:59, chega à 00:00:00, ou seja, depois de 24h de batalha.

OBS 2: Nas seis primeiras horas da batalha os presidentes dos dois países envolvidos diretamente na guerra tem a opção de Retirada: se o atacante retirar as tropas, a região é assegurada automaticamente e a batalha fechada, já se os defensores retirarem as tropas, a região é conquistada automaticamente e a batalha fechada.


Analisando o estado do muro

[center]
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA[/center]




[size=3]Guerras de resistência[/size]
Guerras de resistência são um tipo peculiar de batalha. Só podem ser iniciadas em territórios que não pertencem originalmente ao país onde eles estão no momento.

Caso uma guerra de resistência seja iniciada, apenas os residentes do país no qual a resistência foi iniciada podem lutar. Os cidadãos tem duas opções de lutar:

[center]
LUTAR PELA RESISTÊNCIA | LUTAR PELOS DEFENSORES[/center]

Lutando pela resistência (comumente chamado de vermelho) você estará lutando contra o país que controla essa região. Se a resistência ganhar - isto é, o muro for derrubado - a região é libertada e vai para o seu dono original.

Já lutando pelos defensores (também conhecido como verdes você estará lutando a favor do país que mantém essa região. Se os defensores ganhar - isto é, o muro for levantado - a região não é libertada e mantem-se com o seu dono atual.

É importante [size=2]sempre[/size] ler a mídia oficial do país antes de lutar em uma região. Muitas vezes a devolução daquela região está agendada e o país deve todo lutar pelo vermelho para que a resistência seja bem-sucedida. Já na maioria dos casos guerras de resistência são iniciadas por inimigos, aí sim é que tem que lutar pelos verdes, assegurando a região.

Se você não sabe onde lutar ou não tem certeza, procure o jornal oficial do Ministério da Defesa. Vá em Comunidade > Notícias > Jornal do Ministério da Defesa e leia atentamente as instruções. Muitas vezes cidadãos novatos lutam contra as ordens pensando que estão fazendo o correto, por isso é bom que todos informem-se antes de lutar.




[size=3]Como as guerras terminam[/size]
Existem apenas dois modos de guerras terminarem:

a) Se algum país for totalmente invadido, ou seja, não tiver mais regiões sob o seu controle.

b) Se os dois países envolvidos na guerra assinarem a paz.